• João Escapelato

Agências do Trabalhador têm crescente demanda de vagas

Desde que iniciou o isolamento social, o estado vêm apresentando uma crescente demanda no número de pessoas colocadas no mercado de trabalho

Somente em agosto, 6.500 pessoas tiveram a carteira assinada, representando um índice 20% maior que no mês de julho, quando foram empregadas 5.695, considerado também um índice positivo.  


“Os números refletem a disposição do empresariado em manter as vagas de trabalho e também pelo conjunto de ações anunciado pelo governador Ratinho Junior, que destinou R$ 1 bilhão para estimular a atividade econômica do Paraná, com o objetivo de preservar o emprego e a renda dos paranaenses”, disse o secretário Mauro Rockenbach, da Justiça, Família e Trabalho. 


O interior do Estado também mostrou sua força. Enquanto Curitiba empregou, pela Agência do Trabalhador, 545 pessoas, o município de Rolândia apresentou um excelente desempenho, com 434 pessoas empregadas. Também foram destaque durante o mês de agosto os municípios de Umuarama (274), Foz do Iguaçu (251) e Pato Branco, com 186 contratações.


As áreas com maior oferta de vagas foram para auxiliar de produção (2033), auxiliar de limpeza (62), abatedor de aves (49), carpinteiro (49) e alimentador de linha de produção (43).


O coordenador da gestão da rede Sine, Walmir dos Santos, informou que em agosto as Agências do Trabalhador tinham disponíveis mais de 10 mil vagas de trabalho no banco de empregos. “É importante que o trabalhador busque sempre o site do Sine para a procura de uma vaga”, disse.


Com AEN


  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney