• Matheus Philip

Cartões do programa Comida Boa começam a ser entregues nesta terça

Validação e retirada dos cartões serão realizadas, exclusivamente, nas 121 escolas e CMEIs; cronograma é dividido pelas datas de nascimento dos beneficiários

Foto: Emerson Dias

A Prefeitura de Londrina inicia nesta terça-feira (12), das 9h às 17h, as entregas dos cartões do programa Comida Boa, do governo estadual, que beneficiará quase 43 mil famílias do município, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Os cartões serão entregues, nos próximos quatro dias, até sexta-feira (15), com retirada exclusiva nas 121 unidades escolares municipais (escolas e CMEIs), das áreas urbana e rural.


Ao todo, Londrina irá entregar 42.938 cartões, que foram recebidos pelo prefeito Marcelo Belinati na última quinta-feira (7). O programa Boa Comida consiste na concessão de créditos, com auxílio mensal de R$50, para a compra de alimentos em estabelecimentos cadastrados que comercializam gêneros alimentícios. O objetivo é ajudar, de forma emergencial, pessoas economicamente vulneráveis no período de pandemia do COVID-19. Cerca de 90 lojas já estão cadastradas em Londrina para participar do programa, entre supermercados de rede, mercearias e mercados de bairro. O cartão possui QR-CODE, com CPF vinculado ao código, e poderá ser utilizado em até três meses.


Para saber se está enquadrado nos critérios e têm direito ao benefício, o público deve realizar uma consulta na página oficial do programa, www.cartaocomidaboa.pr.gov.br , ou pelo telefone 0800 200 4150, com ligações gratuitas. Ainda é possível entrar em contato com as unidades escolares para obter informações, ou com a Secretaria Municipal de Assistência Social, que gerencia todas as questões relacionadas ao CadÚnico.


As entregas respeitarão um cronograma específico, conforme as datas de nascimento dos titulares cadastrados, a fim de agilizar o fluxo de atendimentos e evitar aglomerações. Serão contempladas apenas as famílias previamente indicadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, e que, necessariamente, possuam inscrição no CadÚnico. Nesta terça-feira (12), deverão comparecer os beneficiários nascidos no meses de janeiro, fevereiro e março. Na sequência, os nascidos em abril, maio e junho serão atendidos na quarta-feira (13). Já na quinta-feira (14), será a vez daqueles que nasceram em julho, agosto e setembro. Por fim, na sexta-feira (15), os cartões serão entregues aos cidadãos nascidos em outubro, novembro e dezembro. Em todos os dias, o atendimento será das 9h às 17h.


Segundo o gerente de Matrícula e Documentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação, Junior Cesar Dias, as equipes de todas as unidades escolares foram preparadas para oferecer atendimentos padronizados, de forma ágil e organizada. Cerca de 4.500 servidores irão atuar nas atividades. “Serão mantidos os cuidados básicos de higiene e o uso de máscaras será obrigatório tanto para os servidores que estão atuando como para os beneficiários. As filas e pontos de atendimento respeitarão o distanciamento mínimo e teremos servidores circulando pelas filas para fazer uma triagem prévia, orientar e verificar se as pessoas se enquadram nos critérios para receber o cartão. Isso torna os atendimentos mais rápidos e eficazes”, disse.


Dias ressaltou que as entregas irão ocorrer nas unidades escolares, para pulverizar os atendimentos em todas as regiões da cidade, ampliando as opções para o público. “As pessoas podem ir até a escola mais próxima de suas casas, ou no local que ficar mais fácil conforme seus trajetos de trabalho e outros. É necessário, sempre, ter atenção e respeitar o critério das datas de nascimento. Como a Educação está responsável apenas por efetivar os cartões, assuntos relacionados ao CadÚnico, e outros, devem ser sempre tratados diretamente com a Assistência Social do Município”, recomendou.


A validação e entrega dos cartões serão feitas apenas junto aos titulares do CadÚnico, que deverão portar CPF e documento com foto para vinculação no sistema e validação do benefício. “Em caso de problemas relacionados à saúde, ou da impossibilidade de comparecimento aos locais por motivo de força maior, uma outra pessoa da família poderá fazer a retirada, mediante apresentação de atestado, declaração autorizando e documentos do titular. A validação do cartão é simples e ocorre em poucos minutos”, concluiu o gerente.

Os quase 43 mil cartões entregues em Londrina representarão o montante de R$ 2.146.900,00, que serão injetados na economia local, fortalecendo principalmente os pequenos mercados de bairros. A projeção é que mais de R$ 6 milhões sejam movimentados por conta da utilização dos cartões, uma vez que a duração prevista do programa é de três meses, podendo haver modificações.


Realização – O programa Comida Boa é viabilizado pelo Governo do Paraná, via secretarias estaduais da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF), da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), e Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (CELEPAR), em parceria com os municípios, responsáveis pela distribuição dos cartões aos beneficiários. O governo estadual liberou R$ 50.425.700,00 para desenvolver o programa, que beneficiará 840 mil inscritos no Cadastro Único.


Cronograma


Horário: 9h às 17h


  • 12/05 – terça-feira – nascidos em janeiro, fevereiro e março

  • 13/05 – quarta-feira – nascidos em abril, maio e junho

  • 14/05 – quinta-feira – nascidos em julho, agosto e setembro

  • 15/05 – sexta-feira – nascidos em outubro, novembro e dezembro


Matéria: N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney