• Matheus Philip

Comércio e fabricantes de laticínios são notidicados pelo Proncon-PR

Objetivo é que estabelecimentos e indústrias apresentem justificativa para o aumento do preço do leite, conforme denúncias de consumidores e consultas ao aplicativo Menor Preço do programa Nota Paraná.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Procon-PR notificou nesta terça-feira (31) estabelecimentos comerciais e indústrias de laticínios para que apresentem justificativa para o aumento do preço do leite, conforme denúncias de consumidores e consultas ao aplicativo Menor Preço do programa Nota Paraná.

“O trabalho do Procon consiste em várias frentes, como notificação do comércio local e estadual para apuração de eventual abusividade no preço de produtos, ações de fiscalização realizadas por iniciativa do órgão e a partir de denúncias de consumidores sobre falta de produto, aumento e ausência de preços, por exemplo”, explica o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost”.

Ele esclarece que os aumentos abusivos serão verificados a partir da comparação do preço de compra e venda dos produtos em meses anteriores e o preço o praticado nas últimas semanas. Ele afirma as empresas estão sujeitas a multas que variam de R$ 600 a R$ 8 milhões.


Nesta primeira etapa foram notificadas as fabricantes dos leites Líder, Santa Clara, Piracanjuba, Tirol, Batavo, Frimesa, Polly e Colônia Holandesa.


O Procon-PR diponibiliza uma plataforma online ao consumidor para que faça denúncias sem sair de casa. Acesse AQUI.


Matéria: Agência Estadual de Notíciais

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney