• Matheus Philip

Confira as medidas anunciadas para o retorno do comércio em Londrina

O comércio terá horário de funcionamento das 10h às 16h.

Comércio Londrina - Foto: LondriMoney

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), explicou nesta sexta-feira (17), por meio de uma transmissão ao vivo no Facebook, quais serão as medidas que comerciantes e estabelecimentos comerciais da cidade, terão de realizar para a retomada das atividades econômicas do município a partir de segunda-feira (20).


Entre as medidas anunciadas por Belinati, estão:


  • Reabertura do comércio com medidas de prevenção obrigatórias.

  • Funcionamento do comércio das 10h às 16h.

  • Escolas Municipais seguem fechadas.

  • Shoppings, academias e igrejas seguem fechadas por decreto do Governo do Estado.

  • Bares e Restaurantes: diminuição de 50% da capacidade, distanciamento de pelo menos 2 metros entre mesas.

  • Parques, áreas de lazer públicas continuam fechadas.

Belinati explicou que todas as medidas foram debatidas entre membros do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP), que optou pela retomada as atividades produtivas com medidas de segurança para população.


O prefeito ressaltou a importância do uso coletivo de máscaras entre a população londrinense, afirmando que o item pode reduzir em até 98% a chance de contaminação. Os itens se tornaram obrigatórios no comércio, estabelecimentos, no transporte coletivo e outros lugares, por meio de um decreto no último sábado (11).


Leia também: O LondriMoney entrevistou londrinenses que estão produzindo máscaras durante a pandemia de coronavírus.


Os estabelecimentos serão fiscalizados pelo município e comerciantes que não respeitarem as medidas de segurança, poderão sofrer multas e sanções comerciais.


Confira a transmissão da live pelo player abaixo:


Novos leitos no município


O Secretario de Saúde do Município, Felipe Machado, informou que atualmente a cidade conta com 279 leitos de UTIs e mais de 500 respiradores entre hospitais públicos e privados. O secretario informou que a prefeitura está trabalhando em um plano de ampliação de UTIs na cidade, devendo ganhar 150 novos leitos para cidade.


Felipe ainda explicou que a maternidade do Hospital Universitário (HU) - em fase final de construção - será utilizado com hospital de campanha exclusiva para pacientes com coronavírus. O local possui cerca de 5 mil metros quadrados e será adaptado para recever 120 leitos, dois quais 54, serão exclusivos para UTIs.


Convocação de Profissionais de Saúde


Felipe Machado informou que 296 profissionais da área de saúde, foram contratados pela Prefeitura de Londrina para o enfrentamento da pandemia, e que caso seja necessário, a prefeitura pode contratar novos profissionais.


Testes rápidos para coronavírus


O secretario de Saúde, informou que a prefeitura está realizando um convênio com o Hospital Universitário (HU), para que o local possa realizar cerca de 4.000 testagens. Além disso a Prefeitura de Londrina realizou a compra de dois mil testes e receberá outros dois mil do Ministério da Saúde. Com isso, espera-se que o município teste até 300 pessoas por semana.


Estoque de Itens de Proteção Individual (EPIs)


Machado explicou que a cidade conta com equipamento para os próximos 120 dias. Entre os itens de proteção individual, o município possui em seu estoque, cerca de 200 mil máscaras disponíveis para profissionais de saúde e está adquirindo outras 800 mil, que começarão a ser entregues em lotes, a partir da próxima semana.


Óbitos em Londrina


Todos as vítimas em decorrência de coronavírus na cidade, faziam parte do grupo de risco informado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), possuindo comorbidades.


Nesta sexta-feira (17), a cidade registrou a quinta morte causada pelo covid-19. Um idoso de 61 anos, que estava internado desde o último dia 31 na Santa Casa de Londrina.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney