• João Escapelato

Confira os novos números da Dengue em Londrina

Quantidade de notificações por semana epidemiológica vem diminuindo, contudo a doença continua sendo uma preocupação para o município


O Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado hoje (23), aponta queda no número de notificações relacionadas à dengue nas últimas três semanas. Na 15ª semana do ano, foram registrados 29 casos notificados, na semana retrasada foram 55 e na última semana cinco. Bem menos que nas semanas epidemiológicas anteriores (12ª, 13ª e 14ª), as quais, juntas, somaram 2.228 notificações.


Mesmo assim, a cidade registra um número alto de casos confirmados de dengue, assim como outros municípios do Paraná e de todo o país. Ao todo, do início do ano até agora, Londrina computa 31.268 notificações relacionadas à doença, das quais 11.238 foram confirmadas, 4.563 descartadas e 15.409 estão em análise, aguardando o resultado de exames laboratoriais.


Até ontem (22), foram registradas 34 notificações de óbitos relacionados à dengue. Destas, houve a confirmação de 19, o descarte de quatro casos e 11 seguem em investigação. A diretora de Vigilância em Saúde do município, Sônia Fernandes, ressalta que a dengue continua sendo uma preocupação para o município.


“O número de notificados por semana epidemiológica vem diminuindo, mas já registramos um número alto de mortes em função da dengue no município este ano”, apontou. A diretora reforçou que é fundamental que todos continuem vistoriando suas casas e quintais, não deixem água parada nos vasos de plantas, lavem com água e sabão os bebedouros dos animais e eliminem, do quintal, qualquer objeto que possa acumular água.


Atendimentos – Londrina conta com duas unidades de referência voltadas para atendimento exclusivo dos casos relacionados à dengue. Um deles é o Centro de Atendimento montado no Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) Norte, na Luiz Brugin, 570, esquina com a Avenida Saul Elkind. O local funciona de domingo a domingo, das 7 até 1 hora da manhã.


A outra é a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Casoni, que fica na Avenida Dez de Dezembro, 580, região central. A partir desta semana, o local não atenderá mais aos sábados. O funcionamento é de segunda a sexta, das 7 às 19 horas. Além destes locais, os pacientes também podem procurar as outras UBSs de Londrina. A exceção, no momento, são as seis unidades que estão operando somente para casos relacionados ao coronavírus e  problemas respiratórios: Guanabara (centro), Bandeirantes (oeste), Ouro Branco (sul), Chefe Newton e Maria Cecília (norte) e Vila Ricardo (leste), e também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, que funciona diariamente, 24h, somente para essa finalidade.


Disque-Dengue – A população pode fazer denúncias de imóveis ou áreas suspeitas de terem focos do mosquito Aedes aegypti, entre eles terrenos baldios ou ambientes que possam facilitar a proliferação do vetor. O contato pode ser feito pelo telefone 0800-4001893, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.


Com N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney