• João Escapelato

Dia da Bandeira é comemorado no Centro Cívico

Símbolo da nacionalidade brasileira foi hasteado ao meio-dia em frente à Prefeitura

Nesta quinta-feira, o Exército e a nação brasileira comemoram o “Dia da Bandeira Nacional”. Para celebrá-lo, os representantes dos Poderes Executivo e Judiciário e das forças de segurança reuniram-se em frente à sede administrativa da Prefeitura de Londrina, no Centro Cívico, para o hasteamento da Bandeira do Brasil, do Estado Paraná e do Município de Londrina .


A bandeira nacional marca o fim dos quase 70 anos da Monarquia e o início da República Brasileira. Por isso, até hoje, sua comemoração é feita quatro dias depois da Proclamação da República do Brasil, que aconteceu em 15 de novembro de 1889. Através da bandeira, os Estados-nação identificam-se internacionalmente e representam sua soberania e união. Por isso, foi durante o governo do primeiro presidente da República do Brasil, Marechal Deodoro da Fonseca, que criou-se o principal símbolo nacional brasileiro. Os traços da atual bandeira nacional foram feitos há 131 anos, por Olavo Bilac.


“A Bandeira do Brasil é símbolo nacional que representa os brasileiros aonde quer que vamos. Tradicionalmente, o Exército Brasileiro faz o hasteamento da bandeira nacional e a incineração das bandeiras inservíveis, no dia 19 de novembro, ao meio-dia, dentro dos quarteis. Mas, neste ano, em virtude de tudo que estamos vivendo devido à pandemia, queríamos nos aproximar da população e, por isso, viemos ao Centro Cívico”, explicou o sub-tenente do Exército e chefe de Instrução do Tiro de Guerra de Londrina, Antônio Carlos Matos Moreira.


Durante a solenidade, aconteceu também a formatura simbólica dos 180 jovens atiradores do Tiro de Guerra de Londrina. Seguindo as medidas preventivas e de combate ao novo Coronavírus, apenas parte dos formandos esteve presente. Para o vice-prefeito e representante de Marcelo Belinati na cerimônia, João Mendonça, hastear a bandeira e comemorar seu dia é tão importante quanto o ato de celebrar a Independência do Brasil. “É de grande importância termos esse ato de cidadania não apenas hoje, mas durante o ano inteiro, como durante as comemorações de Sete de Setembro, de 15 de novembro e o dia em que vamos às urnas escolhermos nossos representantes, independentemente da pessoa ou do partido, porque esses são atos de cidadania, que ajudam a fortalecer a nossa democracia”, acredita o vice-prefeito.


No Brasil, a Lei Federal nº 5.700, de 1º de setembro de 1971, rege as formas e a apresentação dos símbolos nacionais, incluindo a Bandeira Nacional. Desde o Decreto n° 4, de 19 de novembro de 1889, a mesma sofreu poucas modificações, estando elas dispostas na Lei n° 5.443, de 28 de maio de 1968. Até hoje, as constelações que figuram na Bandeira Nacional correspondem ao aspecto do céu, às 8h30, do dia 15 de novembro de 1889, no Município do Rio de Janeiro. De acordo com lei nacional, não é permitido modificar as cores ou o lema da bandeira nacional, assim como deixá-la em mau estado de conservação, assim como utilizá-la em rótulos, embalagens de produtos ou em vestimentas.


Com N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney