• Matheus Philip

Empresa troca envasamento de bebidas por álcool 70º

Tradicional companhia de produção de refrigeirantes, cerveja e energéticos, começa envasar álcool

Foto: AEN

O grupo RKF, dono de marcas conhecidas na região, como o do refrigeirante Refriko, do energético Furioso, das cervejas Bamboa e Moema, além da água mineral Hidratar, é mais uma das empresas paranaenses a contribuírem em meio a pandemia causada pelo coronavírus.


Parceria com o Governo do Estado


Em uma parceria com a Associação de Bioenergia do Estado do Paraná (Alcopar), que fornece o produto, a companhia trocou o envasamento de seus produtos, para engarrafar álcool 70º em garrafas pet. Após finalizado, o produto é distribuído para órgãos de saúde e entidades que prestam assistência. O álcool é utilizado para realizar a limpeza e higienização dos ambientes, evitando a possível propagação do vírus.


A parceria conta com cerca de 50 colaboradores na fábrica em Cambé, e deve beneficiar todos os 399 municípios paranaenses. Na semana passada, 200 mil litros já haviam sido entregues.


Produtos para venda local


O grupo também informou que o produto estará sendo vendido em garrafas de 500 ml pelos próximos 90 dias e será comercializado nos principais estabelecimentos da região por um preço final entre R$4 a R$5.


Confira o post realizado pela grupo RFK, através de uma das páginas de seus produtos.

Confira como está sendo a produção de Álcool nas fábricas da companhia.


  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney