• Matheus Philip

Entidades apresentam medidas para retomar atividades econômicas

Carta segue diretrizes e medidas de segurança para o enfrentamento da pandemia de coronavírus, anunciadas por órgãos de saúde

Foto: Freepik

Por meio de uma carta encaminhada ao prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, entendidades do setor produtivo, enviaram diversas medidas de combate e prevenção ao coronavírus, que seriam realizadas para que as atividades econômicas sejam reestabelecidas a partir da próxima segunda-feira (13).


O comércio e outras atividades econômicas no município (com exceção dos essenciais para o enfrentamento da pandemia) seguem suspensas desde 20/03, como medida de prevenção e a não propagação do covid-19 na cidade.


Por meio de uma nota no site da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Fernando Moraes, presidente da entidade disse que:

“A retomada é algo que precisa ser pensado, analisado, conversado. O cuidado com a saúde está sendo tomado com toda rigorosidade que precisa neste momento, agora precisamos também debater como seria o retorno mais apropriado das empresas e indústrias. Por isso, nos antecipamos a estudar, de acordo com cada segmento, a melhor forma de estrutura para a volta ao trabalho. As empresas precisam se organizar com antecedência, organizar suas equipes, sua infraestrutura. Essa foi a mensagem que passamos ao prefeito quando entregamos as sugestões de medidas de controle para uma retomada gradual”.

Confira na integra a carta enviada ao Prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP):


SUGESTÕES DE MEDIDAS DE CONTROLE DA COVID-19 PARA RETOMADA GRADUAL DAS ATIVIDADES PRODUTIVAS A PARTIR DE 13 DE ABRIL DE 2020 REGRAS GERAIS


Todos os estabelecimentos industriais, comerciais e de serviços deverão observar rigorosamente as normas sanitárias e de saúde pública, alertando todos os seus colaboradores da necessidade de cumprimento dessas regras (lavar constantemente as mãos com a água e sabão, usar preferencialmente toalhas de papel para secá-las), uso obrigatório de máscaras, dando preferência às caseiras e deixando as profissionais para equipes de saúde, e ainda disponibilizar álcool gel em todos os ambientes para seus colaboradores e clientes, realizar a limpeza e higienização constante nas dependências e equipamentos como telefones, cadeiras, teclados, maçanetas e outros, e controle rígido de acesso a terceiros.


PARA O COMÉRCIO


• Horário de rua (segunda-sexta): 10h às 16h com efetivo reduzido;

• Sábado 09h às 13h;

• Todos os estabelecimentos deverão afastar do trabalho seus colaboradores no grupo de risco.

• Todos os estabelecimentos devem disponibilizar álcool em gel em vários pontos para os clientes e funcionários.

• Todos os estabelecimentos, se possível, deverão fornecer máscaras para seus funcionários e atendentes.

• Controle de acesso e aglomerações em lojas grandes ou de departamentos, reforçando seguranças na porta.

• Shoppings, escolas e academias seguem decreto estadual.


PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS


Escritórios de serviços (advocacia, contabilidade, corretores, comunicação, investimentos, sindicatos, TI e outras atividades nesse ambiente):

• Priorizar trabalho remoto (home office);

• Afastar colaboradores na zona de risco e deixando-os trabalhar remotamente;

• Diminuir o número de colaboradores no mesmo espaço físico, guardando uma distância segura entre eles;


Autônomos e profissionais liberais (instaladores, eletricistas e prestadores de serviços em geral):

• Observar rigorosamente as normas de saúde pública, com disponibilização de álcool gel em todos os seus atendimentos, limpeza e higienização dos locais em que realizou os serviços.


Profissionais da área de Saúde:

• Seguir as recomendações das autoridades na área de Saúde.


PARA RESTAURANTES, BARES, LANCHONETES, SORVETERIAS E DERIVADOS


• Para servir dentro do estabelecimento o alimento: em porções individuais ou empratado levadas a mesa;

• Revezamento da jornada de trabalho dos colaboradores (escala de revezamento);

• Distanciamento seguro entre as mesas;

• Higiene das superfícies de mesas;

• Trocar as toalhas a cada novo cliente;

• Trabalhar com 50% da capacidade de clientes para evitar aglomeração. Se necessário controle na porta;

• Afastar funcionários do grupo de risco;

• Takeway - Retirada no local - organização com espaçamento seguro entre os clientes e Informativos com orientação;

• Fixar procedimentos de higiene das mãos nos banheiros para cliente e colaboradores; • Higienizar e desinfetar o estabelecimento;

• Fechar o playground e o espaço kids para evitar contato entre crianças;

• Álcool gel à disposição do cliente e colaboradores;

• Desinfecção de talheres, pratos e copos (utensílios em geral) com álcool ou uso de equipamentos próprios como máquina de lavar industrial.


PARA INDÚSTRIAS


Operacional:

• Retorno apenas dos profissionais ligados à atividade principal do estabelecimento, como montadores, soldadores, operadores de máquinas e costureiras.


Áreas administrativas:

• Manter em home office durante o período crítico da pandemia, nos próximos dois meses, com retorno planejado e gradativo;

• Quando retornar, utilizar horário alternativo aos picos dos meios de transporte.


Profissionais com atividades externas:

• Manter durante os dois próximos meses o número de visitas externas presenciais reduzidas e esses profissionais em home office;

• Utilizar o máximo possível as ferramentas de comunicação on-line para contato com clientes, reuniões e necessidades afins;

• Evitar viagens a estados ou cidades que possuem maior risco de contaminação.


Profissionais considerados grupos de risco:

• Manter uma lista atualizada dos profissionais com risco de saúde;

• Idosos, diabéticos, hipertensos devem ficar afastados nos próximos meses. Caso o retorno seja necessário, providenciar soluções para minimizar as chances de contágio durante o período epidêmico.


PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL


• Utilizar termômetros na portaria para impedir a entrada de funcionários com febre. Recomenda-se o termômetro de testa, que pode ser utilizado à distância, das marcas GTEC, OMRON ou INCOTERM;

• Realizar um protocolo de higienização antes das atividades, com lavatórios na portaria;

• Disponibilizar álcool gel em áreas de bebedouros e sanitários, com cartazes orientando o uso;

• Higienizar com frequência equipamentos de proteção como óculos, máscaras, luvas, equipamentos de transporte de materiais e ferramentas com álcool;

• Limpar com frequência maçanetas, corrimãos e escadas;

• Montar refeitórios em locais abertos e ventilados;

• Evitar trabalhos em locais com pouca ventilação, como subsolos;

• Elevador de obra deve ser utilizado com espaço mínimo de 2 metros entre as pessoas, preferir o uso de escadas;

• Retirar bancos com muitos assentos para evitar aglomeração;

• Reforçar a limpeza nas áreas de uso comum;

• Evitar apertos de mãos e abraços;

• Evitar reuniões em grupo, eventos e treinamentos.

• Escalonar a entrada de funcionários para não ter aglomeração;

• Evitar o uso de transporte coletivo em horário de pico;

• Garantir espaço mínimo de segurança de 2 metros entre as pessoas.


RECOMENDAÇÕES GERAIS


• Esterilizar o equipamento de ar condicionado com Hipoclorito de Sódio 1% diariamente;

• Evitar o compartilhamento de canetas, computadores, teclados, mouses e outros itens de uso pessoal;

• Limpar com álcool as maçanetas de portas e corrimãos;

• Arejar o ambiente com janelas abertas o maior tempo possível;

• Providenciar máscaras durante o período de pandemia para todos, com troca regular dentro das normas de utilização;

• Providenciar álcool gel em locais estratégicos para garantir o fácil acesso;

• Ter um protocolo de higienização antes da jornada de trabalho;

• Ter um protocolo de higienização constante dos locais de maior acesso, como vestiários, refeitórios, portarias e banheiros;

• Ter um protocolo de higienização constante, seguindo as normas de saúde, durante o horário de trabalho. Exemplos: parada para café, refeições e reuniões;

• Criar um comitê de crise dentro da empresa, com reuniões regulares, para mitigar, alterar ou sugerir melhorias necessárias durante o período de pandemia;

• Criar protocolos especiais de atendimento e treinar os profissionais da portaria para o recebimento de mercadorias;

• Reduzir a entrada de fornecedores e visitantes durante o período de pandemia;

• Providenciar protocolos para entrada e checagem de visitantes;

• Evitar ou reduzir o trânsito livre nas dependências da empresa;

• Criar local único de atendimento aos visitantes, com higienização constante;

• Maximizar atendimento via aplicativos de reuniões on-line;

• Providenciar comunicação visual em áreas de grande circulação visando continuar a educação de proteção à saúde;

• Ter meios de comunicação rápidos para ações de apoio e educação sobre a pandemia ou em caso de alterações necessárias para garantir o bem estar de todos;

• Evitar que notícias falsas se espalhem.


Em caso de suspeita:

• Orientar os trabalhadores a comunicar imediatamente o superior diante de qualquer sinal de contaminação ou contato com alguma pessoa suspeita de contágio;

• Afastar imediatamente por pelo menos 48 horas qualquer trabalhador que tiver febre, tosse ou dificuldade respiratória, orientando a procurar o serviço médico.


Cuidado ao voltar para casa:

• Não tocar em nada antes da higienização;

• Tirar a roupa e colocá-la em uma sacola plástica separadamente das outras;

• Deixar a bolsa, carteira e chaves em uma caixa na entrada;

• Tomar banho assim que chegar;

• Limpar celulares e óculos;

• Limpar embalagens que trouxer de fora antes de guardar


  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney