• LondriMoney

GM aprende 43 quilos de drogas no Terminal Rodoviário

Vários ônibus foram vistoriados nas últimas semanas

Foto: Defesa Social/Bruno Amaral

A Guarda Municipal de Londrina, responsável pelo patrulhamento preventivo e pela segurança das instalações do Terminal Rodoviário de Londrina, divulga o balanço do trabalho referente à apreensão de drogas feito pelos guardas do Grupo de Operações com Cães (GOC). Na semana passada, 21 ônibus que passavam pela cidade foram abordados para serem verificados e, em dois deles, foram encontradas pessoas transportando droga. Em um veículo da linha Foz – Recife, foram encontrados 13.415 quilos de maconha, escondidos em mala sem identificação. Em outro ônibus, da linha Foz – Campinas, foram encontrados 15.500 quilos de droga.


Na noite de quarta-feira (2), os guardas municipais receberam denúncia anônima, e foram vistoriar um ônibus da linha Maringá-Campinas. Com apoio do cão Apolo, eles conseguiram localizar 14.090 quilos de maconha, divididos em 19 tabletes. O proprietário da mala foi localizado e em sua mochila foram encontrados mais dois pacotes da droga. Com isso, nas últimas semanas foram retirados de circulação 55 tabletes de drogas, totalizando 43.005 quilos. Três pessoas foram presas e encaminhadas para a delegacia de plantão.


De acordo com o supervisor GM Jesse, do grupamento canil da Guarda Municipal, o objetivo deste trabalho é garantir a segurança do próprio público municipal e, consequentemente, coibir ações de criminosos que utilizam Londrina como rota para cometerem delitos. “Nossa principal função é garantir a segurança dos bens e instalações municipais. Algumas pessoas estão aproveitando a pandemia e o baixo fluxo de pessoas nas rodovias para transportar drogas. Muitos deles tentam driblar a fiscalização, colocando outras substâncias como perfumes, pó de café, entre outras, para tentar esconder o cheiro, mas eles não têm ideia de como nossos cães são treinados para todas essas situações. Não adianta. A cidade de Londrina é rota entre a fronteira com Paraguai e as principais capitais do país. Por isso temos intensificado esse trabalho, a fim de coibir essa prática”, explicou.


A operação do canil empregou os cães Apolo, Kadu e Argus. Ainda de acordo com supervisor eles recebem um intenso treinamento para que possam ser empregados nas mais diversas situações como faro de drogas, faro de armas e inclusive para localização de pessoas. O serviço também teve o apoio dos demais grupamentos da GM. A Guarda Municipal de Londrina atende pelo telefone 153, com ligação gratuita e funcionamento 24 horas. Ligue em caso de necessidade.


Com: N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney