• LondriMoney

Guarda Municipal e Defesa Civil passam a contar com novos veículos

Prefeitura de Londrina entregou 11 motocicletas, duas caminhonetes, uma van e um caminhão guincho

Foto: Bruno Amaral

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, entregou na manhã, desta sexta-feira (10), motocicletas  e veículos para a Secretaria Municipal de Defesa Social. Ao todo foram entregues 11 motocicletas Honda CB 500X, duas caminhonetes, uma van e um caminhão guincho com plataforma.Todos os veículos contam com sistema de iluminação (giroflex), sirene e rádio comunicador digital com GPS.


Todas as motocicletas foram adquiridas com recursos próprios do Município. A Guarda Municipal de Londrina completa 10 anos no mês de julho e esta é a primeira compra desse tipo de veículo no período. As motos serão utilizadas pelo Grupo Tático de Apoio em Motos (GTAM) que tem como principal função a prestação de apoio às demais viaturas e atendimento de ocorrências de forma mais rápida. O investimento foi de R$475.200,00.


As duas duas caminhonetes, o guincho e a van são frutos de doações feitas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF). Os veículos estavam parados em boas condições, mas necessitavam apenas de alguns reparos. Portanto a revisão mecânica, a pintura e a plotagem foram custeados pela prefeitura. As duas caminhonetes vão ser empregadas na Guarda Rural, responsável pelo patrulhamento preventivo nos 8 distritos rurais de Londrina. A van será utilizada pela Defesa Civil Municipal no cotidiano das atividades.


O prefeito falou sobre o investimento feito na reestruturação da Secretaria de Defesa Social. “É um trabalho iniciado desde o começo da administração, no sentido de reestruturar toda a Guarda Municipal. São equipamentos, uniformes e veículos novos. Nós tínhamos 11 veículos quando assumi a prefeitura, todos já muito antigos, com muitos anos de uso. Nós compramos 25 novos veículos, e agora essa somatória. Hoje temos um guincho, uma van para Defesa Civil, as novas motos e caminhonetes para a Patrulha Rural”, frisou.


Ainda de acordo com Marcelo, outros investimentos estão sendo feitos pela administração. “É um conjunto de ações no sentido de reestruturar e reequipar toda a Guarda Municipal que contempla também outros processos que estão em andamento como a nova sede da guarda, uma reestruturação através de um novo plano de carreira e o novo concurso. Tivemos que interromper por conta da pandemia, mas vamos repor quadros da guarda no sentido de darmos melhores condições de trabalho a esses valorosos profissionais que tanto orgulham a nossa cidade. Eu, particularmente, sou um grande fã da Guarda Municipal por tudo que eles fazem pela cidade de Londrina, e que ficou muito claro para toda a população a importância que essa instituição tem para a nossa cidade agora, nesse período tão difícil que vivemos na pandemia”, comentou.


O secretário municipal de Defesa Social, Pedro Ramos, destacou o papel da instituição na cidade. “Embora algumas pessoas não consigam conceber a importância dessa instituição de segurança no município, a guarda tem prestado relevante serviço para a sociedade. Ela tem estado 24 horas por dia nas ruas como uma demonstração de que o poder público municipal está na rua e está atendendo. Nós temos hoje guardas municipais agentes de trânsito, ação prevista por lei. Temos a guarda atuante também na Defesa Civil. E esses equipamentos, motos, guincho, a van da Defesa Civil, são materiais que fazem com que o guarda possa prestar o melhor serviço. No final quem ganha é a população. Toda vez que o poder público presta um serviço relevante, ele reflete na vida e no cotidiano das pessoas”, destacou.


Para Ramos, reaparelhar a instituição garante a economia de recursos. “Nós que temos um trânsito agitado por conta de um grande número de veículos, uma cidade que está se expandindo agora com novas obras para prestar um serviço ágil em situações de emergência, precisamos de motos que têm agilidade no trânsito e que podem dar um atendimento imediato em uma situação em que uma viatura [carro] teria muito mais dificuldade. Então, reaparelhar a guarda com as motos, em substituição àquelas que foram objeto de doação há 5, 6 anos atrás e que só vinham causando desgaste na sua manutenção, é uma forma inteligente de economizar recurso público”, pontuou.


Estiveram presentes na solenidade o prefeito Marcelo Belinati; o secretário municipal de Defesa Social, Tenente-coronel Pedro Ramos; o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Gomes e o secretário municipal de Saúde Felippe Machado.


Matéria: N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney