• João Escapelato

O IPVA de 2020 poderá ser parcelado

Possibilidade de parcelar imposto não inscrito em dívida ativa é inédita e pagamento pode ser feito em 6 vezes, com valor mínimo de parcela

A Secretaria de Fazenda disponibiliza a partir desta quinta-feira o parcelamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores - IPVA/2020, não inscrito em dívida ativa. A medida é inédita e foi possível graças à Lei 20.263/20, proposta pelo Executivo, aprovada pela Assembleia e sancionada na semana passada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.


O parcelamento da dívida do imposto só era permitido no exercício seguinte ao vencimento. Nessa excepcional oportunidade de regularização de tributos, o parcelamento do IPVA 2020 de veículos adquiridos até 31/12/2019 poderá ser feito em até 6 vezes, com valor mínimo de parcela de uma Unidade Padrão Fiscal do Estado do Paraná.


O pagamento da primeira parcela deverá ser no primeiro dia útil após a realização do parcelamento  - exceto no último dia útil do mês, quando o vencimento será no mesmo dia. As demais parcelas deverão ser pagas até o último dia útil dos meses seguintes.


A data limite para formalização desse parcelamento é 17/08/2020. Para a formalização do parcelamento, basta acessar o portal da Secretaria da Fazenda, em “serviços rápidos”, menu “IPVA”, com o número do Renavam do veículo, e realizar a consulta.


O pagamento das guias de parcelamento deve ser em um dos bancos credenciados: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Sicredi, Bancoob, Rendimento e Santander.


Com AEN

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney