• Matheus Philip

Paraná registra 1.906 casos e 113 óbitos por coronavírus

Seis primeiros casos sugiram em 12 de março. Neste período, o Governo do Estado atuou para promover avanços em ações de prevenção, estrutura para atendimento da população e para agilizar diagnósticos

O Paraná completa sessenta e dois dias do surgimento dos seis primeiros casos da Covid-19 no Estado. No informe divulgado nesta terça-feira (12), dois meses após os primeiros registros, a Secretaria de Estado da Saúde confirma 1.906 diagnósticos da doença, com 113 óbitos.


Naquele 12 de março, a capacidade de testes ainda era limitada e a preocupação era com as viagens internacionais dos paranaenses ou os deslocamentos para cidades de outros estados que já sinalizaram a circulação do vírus. Nesse período, o Estado multiplicou a capacidade de testes (alcançará 5,6 mil por dia), estabeleceu controle sanitários nas divisas, restringiu a circulação de pessoas e estruturou uma rede com 549 leitos de UTI, um hospital exclusivo na Capital e sete hospitais no Interior.


No informe desta terça-feira, a Secretaria divulga 57 novas confirmações e duas mortes pela Covid-19. Uma mulher de 91 anos residente de Cascavel faleceu no dia 7 de maio e um homem de 57 anos que morava em São José dos Pinhais morreu no dia 10 de maio. Ambos estavam internados.


 Os municípios que registraram novos casos confirmados foram Ampére (1), Apucarana (2), Cascavel (2), Coronel Vivida (1), Curitiba (4), Figueira (1), Foz do Iguaçu (7), Guairacá (1), Londrina (6), Maringá (1), Medianeira (2), Mirador (1), Palotina (1), Paranapoema (1), Paranavaí (2), Pato Branco (2), Ponta Grossa (1), Ramilândia (1), Ribeirão do Pinhal (2), Santa Isabel do Ivaí (2), Santa Tereza do Oeste (1), Santa Terezinha de Itaipu (1), Santo Antônio do Caiuá (1), São José dos Pinhais (7), Telêmaco Borba (1), Tijucas do Sul (1), Três Barras do Paraná (1) e Wenceslau Braz (3).


PERFIL - O Paraná registra, em média, 30 casos novos e quase dois óbitos por dia nesse período. A média de idade dos pacientes diagnosticados é de 45,1 anos e dos que morreram pela doença é de 68,1 anos - o mais jovem tinha 34 e o mais idoso 95. Além disso, praticamente 70% dos pacientes já estão recuperados.


Matéria: Agência Estadual de Notícias

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney