• LondriMoney

Polícia Civil realiza 32 mil atendimentos para emissão emergencial de RG

Os casos mais recorrentes são de pessoas que solicitam o documento para que possam receber o auxílio emergencial do Governo Federal. Veja outras situações consideradas de urgência e como solicitar o documento

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está trabalhando na confecção de carteiras de identidade para casos emergenciais durante a pandemia da Covid-19. Desde 23 de março até o último dia útil de maio (29) foram realizados cerca de 32 mil atendimentos em todo o Estado. Os casos mais recorrentes são de pessoas que solicitam o documento para que possam receber o auxílio emergencial do Governo Federal.    


Desde o início do isolamento social no Paraná foram solicitadas aproximadamente 13 mil carteiras de identidade ao Instituto de Identificação da PCPR. Também foram entregues cerca de 19 mil RGs.  


O delegado da PCPR Marcos Michelotto destaca a importância do desse tipo de atendimento. “O Instituto de Identificação da PCPR não parou, pois passamos a atender os cidadãos que necessitam do RG de forma emergencial. Para isso, contamos com o empenho de todos os peritos papiloscopistas e também dos identificadores das prefeituras para que as pessoas que necessitam não fiquem sem o serviço,” explicou. 


ATENDIMENTO – Os agendamentos relacionados à carteira de identidade pela internet estão temporariamente suspensos em razão das medidas de prevenção adotadas contra o novo coronavírus. Portanto, os casos tratados como emergenciais são atendidos diretamente nos Postos de Identificação da PCPR, sem a necessidade de agendamento prévio.


Em Curitiba, o atendimento ocorre no Posto Central, situado na Rua Pedro Ivo, 386 com horário especial de atendimento, das 10h às 16h. Nas demais cidades do Interior é necessário que o cidadão entre em contato com o Posto de Identificação da região e confirme os horários de funcionamento. 


CASOS EMERGENCIAIS – Os casos de emissão de RG tratados com urgência pela Polícia Civil são: retirada de medicamentos em farmácia, internação hospitalar, contratação para trabalho, viagem a trabalho ou em situação de saúde, furto ou roubo do documento e para operações financeiras, entre outros.


Além disso, a PCPR também considera urgente os casos de pessoas que pediram o auxílio emergencial do Governo Federal, já que a Caixa Econômica passou a exigir o documento com foto para a comprovação da identidade.  


O cidadão que precise de atendimento deverá comparecer ao Posto de Identificação da PCPR de sua região, obrigatoriamente utilizando máscara e respeitando as recomendações de distanciamento social. Também é necessário apresentar documentos que comprovem a urgência do serviço.


Mais informações estão disponíveis no portal da PCPR em http://www.policiacivil.pr.gov.br/servicos, na aba carteira de identidade, opção agendamento.


Matéria: AEN

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney