• Matheus Philip

Prefeitura monitora idosos de instituições de longa permanência

Desde o início da pandemia do coronavírus, o Município tomou diversas medidas para garantir a proteção dos idosos e funcionários destes locais

Foto: Vivian Honorato

O Município, por meio das secretarias municipais do Idoso e da Saúde, está fazendo o monitoramento diário dos idosos que residem nas Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) de Londrina, em especial nas três que são conveniadas à Prefeitura, como medida de prevenção ao coronavírus. Na manhã desta terça-feira (2), os secretários das pastas, Andrea Ramondini e Felippe Machado, anunciaram, em entrevista coletiva feita pela internet, as intervenções realizadas nestes locais.


A secretária do Idoso explicou que desde o início da pandemia em Londrina, em março, a secretaria, em parceria com a Saúde, tem feito o monitoramento diário desses idosos, tanto das ILPIs conveniadas, quanto das particulares. “Tomamos todas as medidas preventivas, orientadas pelos órgãos de saúde, para garantir proteção dos idosos e dos funcionários destes locais, com a edição de medidas de isolamento e de higiene, criação de um protocolo de admissão para novos residentes, entre outras ações. Também vacinamos, contra a gripe, todos os idosos destas instituições”, contou.


Segundo a secretária, com a confirmação de um caso de coronavírus dentre os idosos residentes em uma ILPI conveniada pela rede municipal, o qual infelizmente veio a óbito no dia 21 de maio, a Prefeitura lançou mão de nova etapa do Plano de Contingência, chamada intervenção, que consistiu na distribuição de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os colaboradores das instituições e capacitação dos mesmos para o uso destes equipamentos, e o isolamento dos idosos sintomáticos, para evitar circulação viral.


Nesta etapa, também foi feita a testagem de todos os idosos residentes nas ILPIs.  Ao todo, foram realizados 361 testes rápidos para coronavírus, sendo 201 em idosos e 160 em funcionários. Todos testaram negativo. Na sequência, foram feitos outros testes nestas três instituições. Nesta etapa, duas instituições continuaram sem apresentar nenhum caso positivo para coronavírus e uma teve cinco idosos com testes positivados, com idade entre 75 e 89 anos.


Destes, três apresentaram sintomas leves e estão em isolamento nas instituições, um necessitou de internação hospitalar, o qual já teve alta e passa bem, e um foi encaminhado na noite de ontem para um hospital, por meio do SAMU, por conta de sua vulnerabilidade.  Os funcionários que apresentaram sintomas leves estão em isolamento domiciliar.  Até o momento, não há relatos de idosos com Covid-19 em instituições particulares.


Segundo Andrea, a Secretaria de Saúde fez a distribuição dos EPIs para as três instituições conveniadas, abastecendo-as por 15 dias. Depois, a secretaria do Idoso vai adquirir novos equipamentos para estes locais, garantindo itens para três meses, por meio do Fundo Municipal do Idoso aprovado no valor de R$ 350 mil, pelo Conselho Municipal do Idoso.


O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, contou que, agora, a Prefeitura iniciou a etapa de monitoramento, onde é feito o acompanhamento diário de todos os idosos residentes nestas instituições. “Desde início da pandemia, as ILPIs nos preocupavam muito, por isso tomamos todas as medidas de prevenção ao coronavírus nestes locais e executamos o Plano de Contingência, para alinharmos as orientações e medidas da Secretaria de Saúde com a do Idoso”, afirmou.


Matéria: N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney