• LondriMoney

Prefeitura recebe a doação de uma tonelada de ração

Alimento será destinado, integralmente, aos animais de famílias em estado de vulnerabilidade, cadastradas no Banco de Ração, da SEMA

Foto: Vivian Honorato

A Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), por meio da Diretoria de Bem-Estar Animal (DBEA), irá receber, nos próximos dias, a doação de cerca de uma tonelada de ração efetuada pela empresa Adimax Pet. Os alimentos são destinados a animais de 95 famílias, em estado de vulnerabilidade, cadastradas no “Banco de Ração” da SEMA.


De acordo com o diretor da DBEA, Haroldo Belli, esta doação visa contribuir com o sustento de animais de pessoas de baixa renda. “Principalmente agora com a pandemia do novo coronavírus, as famílias pertencentes ao Banco de Ração precisam de ajuda. A DBEA, portanto, tem interesse em auxiliá-las a fim de evitar, inclusive, o abandono de seus bichinhos”, disse.


O Banco de Ração é um programa criado por meio da Lei Municipal 12.718/2018, a fim de destinar alimentos a animais pertencentes a ONGs, protetores independentes e famílias em estado de vulnerabilidade. Recentemente a iniciativa doou mais de três toneladas de ração à ONG ADA e seis toneladas à ONG SOS Vida Animal, sendo que esta última, por não ter abrigo, destinou os alimentos aos protetores cadastrados no programa. Deste modo, nesta ocasião, apenas as famílias em estado de vulnerabilidade irão receber, integralmente, todos os alimentos.


Já as próximas doações serão reservadas aos demais cadastrados no Banco de Ração, conforme o número de animais que possuem. Isto se deve a uma maior autonomia concedida pela Lei Municipal 13.033/2020, que permite que a Prefeitura a partir deste ano compre ração para abastecer o programa. “O intuito sempre foi auxiliar pelo menos com um pouco, pois assim todos que recebem se sentem valorizados no trabalho voluntário de proteção animal que desempenham a tantos anos na cidade. A partir de agora, porém, a Prefeitura conseguirá abastecer o Banco de Ração com a quantidade necessária para atender a todos, não dependendo somente das doações de empresas e pessoas físicas que nem sempre são suficientes para abarcar os diversos animais pertencentes ao programa”, frisou Belli.


Atualmente o Banco de Ração conta com 95 famílias, 2 ONGs e 168 protetores de animais cadastrados em seu sistema.


Matéria: N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney