• João Escapelato

Segunda fase de vacinação contra a gripe ocorre neste sábado (18)

População de 60 até 79 anos e profissionais dos serviços de saúde já podem acessar o portal da Prefeitura para escolher o local e horário



Como parte da Campanha de Vacinação contra a Gripe, que teve início em março, a Prefeitura de Londrina lançou hoje o agendamento online para mais uma ação de fornecimento de doses, que irá ocorrer neste sábado (18). Pessoas com 60 a 79 anos, e profissionais que atuam na área de saúde, já podem escolher o horário e local para receberem a vacina, que estará disponível das 8 às 18 horas, em seis locais distribuídos pela área urbana de Londrina.


Ao realizar o cadastro, será possível escolher a unidade mais próxima de sua residência. As opções incluem as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Jardim Alvorada (região oeste), San Izidro (leste), Guanabara (sul), Maria Cecília (norte), e Vila Ricardo (leste). Outro ponto para vacinação é o CMEI Valeria Veronesi, a Super Creche, que fica na Rua Benjamin Constant, área central, próximo ao Terminal Urbano de Londrina.


O link do agendamento está disponível na página inicial do Portal da Prefeitura, e para efetuar o cadastro é preciso informar o número do CPF da pessoa que irá receber a vacina. No sábado (18), as doses serão feitas somente no horário previamente definido.


Em entrevista coletiva, realizada na tarde desta quarta-feira (15), a diretora de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Londrina, Sônia Fernandes, explicou que, somente no CMEI Valeria Veronesi, serão disponibilizadas cinco mil doses, dentre as treze mil vacinadas encaminhadas esta semana pelo governo do Estado. “Nessa última remessa, recebemos cerca de 13 mil doses para encerrar essa primeira fase, e mais 10 mil vacinas para iniciar do segundo grupo. No total, desde o início da campanha, já recebemos aproximadamente 90 mil doses”, detalhou.


Dentre a população idosa estimada em Londrina, cerca de 80% já recebeu a dose contra influenza. A diretora de Vigilância em Saúde destacou que a ação deste sábado (18) abrange aqueles que possuem idade de 60 a 79 anos. “Dos idosos acima de 80 anos, nós já vacinamos mais do que o número registrado no ano passado. Mas, ainda estamos recebendo ligação de pessoas solicitando essa vacinação. Então a partir de segunda-feira (20), com a chegada das novas doses, as UBSs vão voltar a fazer vacinação para essas pessoas, e também para os acamados, em domicílio”, complementou.


Para profissionais de saúde que ainda não foram vacinados contra a gripe, será preciso apresentar a carteira do conselho de classe, na vacinação de sábado (18). E os que não possuem registro ou conselho de classe, podem comprovar mediante declaração de vínculo empregatício.


Segunda fase – Sônia antecipou que, na próxima semana, a Prefeitura irá divulgar como será a vacinação dos outros grupos prioritários. Conforme calendário estabelecido pelo Ministério da Saúde, a segunda fase da campanha abrange caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo, profissionais das forças de segurança e salvamento, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.


Para evitar aglomerações nas UBSs, a Secretaria Municipal de Saúde planeja vacinar os motoristas do transporte coletivo nas próprias empresas, antes ou após o expediente. A mesma estratégia deve ser utilizada para os caminhoneiros, policiais, bombeiros e guardas municipais, e nas instituições prisionais.


Em relação aos pacientes crônicos, ou seja, pessoas com cardiopatia, doenças pulmonares ou renais, diabetes, e outras condições, a previsão é oferecer o agendamento pelo Portal da Prefeitura, com fornecimento de doses em todas as UBSs.


“Estamos programando para este grupo a vacinação em todas as unidades, porém com agendamento prévio, ao longo da semana, e de forma espaçada, para que não ocorra sobrecarga nas unidades nem aglomerações. Se houver necessidade e doses disponíveis, não descartamos a possibilidade de um agendamento aos sábados para este grupo dos doentes crônicos. Pedimos às pessoas que tenham tranquilidade. Vamos conseguir atender a todos, e estamos buscando a forma mais fácil para isso”, ressaltou Fernandes.


Sobre a vacina – A vacina contra influenza fornecida pelo Ministério da Saúde é composta por vírus inativado, e protege contra os três vírus que mais circularam no ano passado pelo hemisfério sul. São eles: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Embora não proteja contra o COVID-19, a vacinação contra influenza impede outras doenças respiratórias, o que auxilia no diagnóstico durante a pandemia e reduz a demanda das unidades de saúde.


No último boletim sobre influenza, publicado em março deste ano, a Secretaria de Estado de Saúde do Paraná (SESA), informou que, até 13 de março, o estado registrou 27 casos confirmados de influenza, com cinco óbitos.


A coletiva desta quarta-feira (15) foi realizada com transmissão online, e pode ser conferida na página oficial da Prefeitura de Londrina, no Youtube.


Ação de vacinação contra gripe

Data: 18 de abril – sábado


Horário: das 8 às 18 horas, mediante agendamento prévio no Portal da Prefeitura de Londrina


Locais:

Unidades Básicas de Saúde e Super Creche;


UBS do Alvorada – Rua Poços de Caldas, 85;


UBS Guanabara – Rua Montévideu, 605;


UBS Maria Cecília – Rua Eugênio Gayon, 835;


UBS San Izidro – Rua Maria José Carneiro, 85;


UBS Vila Ricardo – Rua Rosa Branca, 246;


CMEI Valeria Veronesi (Super Creche) – Rua Benjamin Constant, 800.


Com N.Com

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 por LondriMoney